EDUCAÇÃO INFANTIL

Na Educação Infantil objetiva-se fomentar a aprendizagem e o desenvolvimento das crianças - 0 a 5 anos de idade - através do brincar e do lúdico. Isso concerne em ajudá-las a progredir na definição da própria identidade, no conhecimento e na valorização de si mesmas e do mundo, desenvolvendo uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações. A prática da educação infantil, na escola, organizar-se-á de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

 Objetivos Específicos da Educação Infantil:

  • Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de usas limitações.
  • Descobrir e conhecer, progressivamente, seu próprio corpo, suas potencialidades e seus limites, desenvolvendo e valorizando hábitos de cuidado com a própria saúde e bem-estar.
  • Estabelecer vínculos afetivos e de troca com adultos e crianças, fortalecendo sua autoestima e ampliando gradativamente suas possibilidades de comunicação e interação social.
  • Estabelecer e ampliar cada vez mais relações sociais, aprendendo, aos poucos, a articular seus interesses e pontos de vista com os dos demais, respeitando a diversidade e desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração.
  • Observar e explorar o ambiente com atitude de curiosidade, percebendo-se cada vez mais como integrante, dependente e agente transformador do meio ambiente e valorizando atitudes que contribuam para sua conservação.
  • Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades.
  • Utilizar diferentes linguagens (corporal, matemática, visual, oral, escrita, musical, entre outras) ajustadas ás diferentes intenções e situações de comunicação, de forma a compreender e ser compreendido, a expressar suas ideias, sentimentos, necessidades e desejos e avançar no seu processo de construção de significados, enriquecendo cada vez mais sua capacidade expressiva.
  • Conhecer algumas manifestações culturais, demonstrando atitudes de interesse, respeito e participação diante delas e valorizando e a diversidade.
  • Utilizar a linguagem oral para expressar seus pensamentos, desejos e necessidades;

 

Organização das Turmas:

As crianças estão atualmente organizadas em turmas de acordo com o quadro abaixo:

TURMA:

NÚMERO DE CRIANÇAS:

FAIXA ETÁRIA:

1

12

0-1

2

16

1-2

3

18

2-3

4

15

3-4

5

20

4-5

 

As turmas nas Unidades Educativas estão organizadas por faixa etária de acordo com a Resolução Nº 021/2014, art.41 do CME/DI:

  1. 0 (zero) a 1(um) ano: 6(seis) crianças por professor;
  2. 1 (um) ano a 2 (dois) anos: 8(oito) crianças por professor;
  3. 2 (dois) anos e 3 (três) anos:10 (dez) crianças por professor;
  4. 3 (três) anos a 4 (quatro) anos: 15 (quinze\) crianças por professor;
  5. 4 (quatro) anos a 5 (cinco) anos:20 (vinte) crianças por professor;
  6. 5 (cinco) anos a 5 (cinco) e 11 (onze) meses: 20 (vinte) crianças por professor.

 

 

Eixos de Aprendizagem:

 

IDENTIDADE E AUTONOMIA 

  • Identificação progressiva de algumas singularidades próprias e das pessoas com as quais convive no seu cotidiano, em situações de interação.
  • Participação em situações de brincadeiras nas quais as crianças escolham os parceiros, os objetos, os temas, os espaços e os personagens.
  • Participação na realização de pequenas tarefas do cotidiano que envolvam ações de cooperação, solidariedade e ajuda na relação  com os outros.
  • Conhecimento e utilização de algumas regras elementares de convívio social e respeito com elas.
  • Participação em situações que envolvam a combinação de algumas regras de convivência em grupo e aquelas referentes ao uso dos materiais e do espaço, quando isso for pertinente.
  • Valorização dos cuidados com os materiais de uso individual e coletivo.
  • Expressão, manifestação e controle progressivo de suas necessidades, desejos e sentimentos em situações cotidianas.
  • Iniciativa para resolver pequenos problemas do cotidiano, pedindo ajuda, se necessário.
  • Valorização do diálogo como forma de lidar com os conflitos.

 

CORPO E MOVIMENTO

  • Utilização expressiva intencional do movimento nas situações cotidianas e em suas brincadeiras.
  • Percepção de estruturas rítmicas para expressarem-se corporalmente por meio da dança, brincadeiras e de outros movimentos.
  • Valorização e ampliação das possibilidades estéticas do movimento pelo conhecimento e utilização de diferentes modalidades da dança.
  • Participação em brincadeiras e jogos que envolvam correr, subir, descer, escorregar, pendurar-se, movimentar-se, dançar, etc., para ampliar gradualmente o conhecimento e o controle sobre o corpo e o movimento.
  • Valorização de suas conquistas corporais.
  • Manipulação de materiais, objetos e brinquedos diversos para aperfeiçoamento de suas habilidades manuais.
  • Utilização dos recursos de deslocamento e das habilidades de força, velocidade, resistência e flexibilidade nos jogos e brincadeiras dos quais participa.

 

LINGUAGENS DA ARTE (Artes Visuais, Música, Teatro e Dança)

  • Criação de desenhos, pinturas e colagens a partir de seu próprio repertório.
  • Exploração das possibilidades oferecidas pelos diversos materiais para o fazer artístico.
  • Organização e cuidado com os materiais no espaço físico da sala.
  • Respeito e cuidado com os objetos produzidos individualmente e em grupo.
  • Valorização de suas próprias produções, das de outras crianças e da produção de arte em geral.
  • Apreciação das suas produções, das outras crianças, por meio de observação e leitura de alguns dos elementos da linguagem plástica.
  • Observação e identificação de imagens diversas.
  • Participação em jogos e brincadeiras que envolvam a dança e/ou a improvisação musical.
  • Repertório de canções para desenvolver a memória musical.
  • Escuta de obras musicais de diversos gêneros da produção musical brasileira.

 

NATUREZA E CULTURA: DIVERSIDADE

  • Participação em atividades que envolvam brincadeiras e canções que digam respeito ás tradições culturais de sua comunidade e de outras.
  • Identificação de alguns papéis sociais existentes em seus grupos de convívio, dentro e fora da instituição.
  • Valorização de atitudes de manutenção e preservação dos espaços coletivos e do ambiente.
  • Cuidados nos usos dos objetos do cotidiano, relacionados á segurança e prevenção de acidentes.
  • Conhecimento de algumas propriedades de alimentos e plantas.
  • Percepção dos cuidados com o corpo, com a prevenção de acidentes e com a saúde de forma geral.
  • Valorização de atitudes relacionadas a saúde e ao bem estar, individual e coletivo.
  • Valorização da vida nas situações que impliquem cuidados prestados aos animais e plantas.
  • Conhecimento dos cuidados básicos de pequenos animais e vegetais por meio da sua criação e cultivo.

 

RELAÇÕES MATEMÁTICAS

  • Utilização da contagem oral nas brincadeiras e em situações nas quais as crianças reconheçam sua necessidade.
  • Construção das primeiras ideias sobre quantidade.
  • Utilização de noções simples de cálculo mental como ferramenta para resolver problemas.
  • Exploração de diferentes procedimentos para comparar grandezas.
  • Introdução ás noções de medida de comprimento, por meio das medidas não convencionais.
  • Introdução á noção de medidas de tempo.
  • Explicitação e/ou representação da posição de pessoas e objetos, utilizando vocabulário pertinente nos jogos, nas brincadeiras e nas diversas situações nas quais as crianças considerem necessária essa ação.
  • Exploração e identificação de propriedades geométricas de objetos e figuras, como formas, tipos de contornos, faces, etc.

  

 CULTURA ORAL E ESCRITA

  • Uso da linguagem oral para conversar, brincar, comunicar e expressar desejos, necessidades, opiniões, ideias, preferências e sentimentos e relatar suas vivências nas diversas situações de interação presentes no cotidiano.
  • Conhecimento e participação de jogos verbais, poemas, canções, contos e adivinhações.
  • Participação nas situações em que os adultos leem textos de diferentes gêneros como poemas, contos, adivinhações e, também, textos informativos.
  • Observação e manuseio de materiais impressos, como livros, revistas, jornais, etc.
  • Reconhecimento do próprio nome (ou símbolo) dentro do conjunto de nomes do grupo, em situações em que isso se faça necessário.
  • Expressão de ideias por meio do desenho.